Ratoeira do Amor
Léo Canhoto e Robertinho

Se eu não tivesse olhado nos teus olhinhos
Neste momento eu não sofreria assim
Se eu não tivesse pagado na sua mãozinha
Você não tinha se apaixonado por mim
Naquele dia que eu pisquei para você
Eu já notei você ficou bem gamadinha
Você olhou profundamente nos teus olhos
E já sorriu com o canto da boquinha.

Senti um negocio apertando meu coração
Foi a paixão do teu sorriso encantador
Naquele instante sem querer mordi a isca
Fiquei fisgado pelo anzol do teu amor.

Porem você muito de pressa me esqueceu
E foi embora sorrindo sem falar nada
Fiquei chorando muito riste em meu cantinho
Sentindo a dor daquele cruel fisgada
Volte me anjo aos meus braços novamente
Ansiosamente te espero meu bem
Mas se você não voltar logo a meu lado
Não vou cair no anzol de mais ninguém

Meu grande erro foi amar quem não me ama
Não sei por que eu fui fazer esta besteira
Você enganou-me e eu caí direitinho
Igual um rato quando cai na ratoeira.