A Chuva
Lourenço e Lourival

Cai a chuva silenciosa no telhado
Pouco a pouco vai molhando minha rua
Vejo a chuva começo sentir tristeza
Porque ela sempre traz lembranças tua
Fico lembrando quase morto de saudade
Daquela tempo que tu me querias tanto
Choro baixinho e a fria água da chuva
Cai no meu rosto e mistura com meu pranto


Fico triste vendo a chuva lá fora
Porque não tenho teu carinho que preciso
Na solidão fico lembrando teu rostinho
E não consigo esquecer o teu sorriso
E depois que a chuva cai sobre as campinas
Vem o sol com o seu raiar sem fim
Vai a chuva e o sol volta novamente
So meu amor que não volta para mim