Alucinação
Lourenço e Lourival

Ontem a noite eu chorei
Quando em meu lar eu cheguei ao entrar em minha sala...
Te olhei, cumprimentei
E depois te perguntei : - por que sorri, mas não fala?
Vi os teus olhos morteiros
Perversos e traiçoeiros, pareciam me amar.
E notei falso sorriso
Mesmo não sendo preciso comecei a chorar.

Cantando assim:olha como estou mulher por te querer
Bebendo apaixonado pelo teu amor
Olha como estou mulher
Chorando de sentimento por teu amor.

Contemplei seu lindo rosto
Quase morri de desgosto de mim mesmo quis fugir
Tu disseste que me amavas
E depois me abandonavas, por que é que estás aqui?
Não compreendi a razão
De tanta alucinação aquela cena que eu via
Confesso que estou amando
Mas eu estava cantando pra tua fotografia.