Amor Imenso
Lourenço e Lourival

Quando eu cantei cabelo loiro foi sucesso
No mundo inteiro as loirinhas me aplaudiram
As loirinhas me desculpem
Vou cantar cabelos pretos que as morenas me pediram.

Cabelos preto, olham pra cá
Tem dó de mim, vai lá em casa passear.

Minha menina bonita me desculpe
Se já não posso mais cantar sua canção
Quando eu cantei cabelo loiro
Já morava uma morena dentro do meu coração.

No jardim que cheira rosa tem roseiras
A roseira bem tratada nasce flor
Neste meu peito magoado
Nasce suspiro dobrado, nascem versinhos de amor.

Não há ninguém no mundo que não tenha
Um amor ou um romance proibido
Por mais que seja custoso
Não há nada mais gostoso que um romance proibido.