Desde Que Te Vi
Lourenço e Lourival

Um dia de manhãzinha ao percorrer a fazenda
Encontrei com minha prenda que passeava sozinha
Eu disse oh minha querida não sabes quanto te quero
Eu sou um moço sincero que teu amor solicita
Quisera que Deus permita eu ser seu amor primeiro

Desde que te vi que te quero
Desde que te vi que te adoro
Desde que te vi te venero
Por que tu és meu tesouro
Por que te tenho que tenho que querer
Por que te tenho que tenho que te adorar
Por que te tenho que tenho que te querer
Nem que seus pais não queiram me ver

Não tenho muito dinheiro pra construir nosso ninho
Mas terás todo carinho do meu amor verdadeiro
Meu amor te quero tanto mais que tudo nesta vida
Ainda juro querida que a ti serei sincero
Saibas que muito te quero és o meu amor primeiro