Desencoste da Chiquinha
Lourenço e Lourival

Fui convidado para o casamento
Do Chico Bento com a Chiquinha
Nunca vi noivo tão ciumento
E uma noiva tão assanhadinha
Quando cheguei na festa
E fui dar os meus parabéns
Dei um abraço no noivo
E na noiva também
Todo lado que eu virava
A Chiquinha estava olhando pra mim
O noivo meio enciumado
Me chamou de lado e me falou assim

- Desencoste da Chiquinha
Desencoste da Chiquinha
Desencoste da Chiquinha
Que eu casei com ela e a Chiquinha é minha!

O fandango estava animado
Já estava lotado até na cozinha
O sanfoneiro era o Zé do Prado
Acompanhado pelo Zequinha
Com a licença do noivo
Com a noiva eu fui dançar
Dançava com todo o respeito
Pra não dar o que falar
Ela toda assanhada
Sem ligar pra nada se agarrou em mim
O noivo todo enciumado
Me chamou de lado e me falou assim

Da meia noite pra frente
Toda aquela gente estava na cachaça
Tocava marcha e rancheira
Mas a noite inteira só dançava valsa
O noivo piscava miúdo
Quando eu passava perto da Chiquinha
O povo achava até graça
De ver o ciúme que ele tinha
A noiva me chamou pro quarto
Pra mostrar os presentes pra mim
Mais o noivo lá de fora
Sem demora me falou assim