Fonte Dos Namorados
Lourenço e Lourival

Passei um dia pela rua da saudade
E encontrei meu amorzinho chorando
Ela me viu e me abraçou desesperada
Para matar a dor que estava lhe matando

No seu rostinho todo de pranto molhado
Me fez ouvir a mais fiel revelação
Compreendi que não devia abandoná-la
Por seu amor dei meu amor, meu coração

E caminhando passo a passo conseguimos
Até chegarmos a fonte dos namorados
Ali sentamos num banquinho da pracinha
E começamos discutir nosso passado

A pobrezinha reclamando sua vida
Me suplicou que desse alivio sua dor
O que seria dessa pobre criatura
Se eu negasse para sempre meu amor

Não percebemos a tarde passou
Nem vimos a noite aparecer
Até parece que a fonte sorriu
Ver o nosso amor renascer