Linda Moreninha
Lourenço e Lourival

Ai que saudade não suporto mais
Oh, torrão querido de Minas Gerais
Onde ficaram dois olhos em pranto
De uma mineira que eu adoro tanto.

Eu recebi a sua linda carta
Sei querida como sente a minha falta
Também suspiro sofro e lamento
A sua imagem vive no meu pensamento

Todas noites eu passo sonhando
Com a mineirinha que eu deixei chorando
Ansioso espero o momento santo
Que o meu beijo enxugue todo o seu pranto.

Não chore tanto linda mineirinha
Eu serei só teu e tu será só minha.
Se Deus quiser em breve casaremos
E sempre felizes junto viveremos.