Mundo Moderno
Lourenço e Lourival

Deus onipotente, está nas alturas
Dai às criaturas
Da face da terra
Mais entendimento sobre a religião
Concedei perdão
Praqueles que erra

Eu estou notando que a cada passo
Aumenta o fracasso
Para todo nós
A crise aumentando a cada momento
Que já vem dos tempos
Dos nossos avós

No mundo moderno que todos dizia
Ninguém mais confia
No seu próprio irmão
Se alguém descobre ciência divina
Morre e não ensina
A mesma lição

O homem de hoje vive com anseio
Procurando um meio
Para evoluir
Por algo que esteja nunca fica farto
Cada vez mais alto
O homem quer subir

Em cada programa que a gente assiste
Vê que não existe
Consideração
Pai tira do filho, filho engana o pai
Do jeito que vai
Irmão contra irmão

É assim que vejo o mundo hoje em dia
A demagogia
Já se espalhou
Todo mundo corre atrás do dinheiro
Quem chegar primeiro
É o vencedor

Grande cientista do nosso planeta
Nenê de proveta
Mostraram ao mundo
Outros conseguiram conquistar a lua
Assim continua
Os estudos profundo

Eu passo um pedido em verso rimado
Falo em alto brado
Pra todos ouvir
Que a inteligência do homem só chega
Até certo ponto
Que Deus permitir