Não Se Bate Em Mulher
Lourenço e Lourival

Perdoe, meu grande amor, mais uma vez estou aqui
Meu coração pediu pra que eu viesse aqui te ver
Desculpe se outra vez eu me encontro emocionado
Estou puta da vida e revoltado por você

Vieram me contar que aquele homem maldito
Te bate todo dia, te humilha e te faz sofrer
Será que ela não sabe que esse corpo tem um dono
E o dono dele é eu e que apanha por você

Não sei se vou lembrar o que eu te disse aquele dia
Que você foi com ele me deixando aqui sozinho
Que apesar de tudo eu estaria esperando
Para tirar as pedras que ele pôs em seu caminho.

Na boca que ele bate muitas vezes eu já beijei
No corpo que ele surra quantas vezes fiz amor
Na terra que eu nasci homem é homem de verdade
Quem bate em mulher é um covarde traidor
Eu vou fazer com ele tudo que ele lhe fez
Mostrar que em mulher não se bate nem com uma flor

Eu sei que outras vezes vou ser traído novamente
Eu sei que infelizmente eu vou chorar outra vez
Mas quando me contaram que aquele homem te bate
Senti uma vontade de explodir e de morrer

Eu sei que sou errado, não vou consertar o mundo
Mas acho vagabundo o homem que bate em mulher
Eu bem sei quantas vezes fui traído nessa vida
Mas ela tem o direito de escolher quem ela quer