Nossa Casinha
Lourenço e Lourival

Ao partir meu bem eu a vi saindo chorando de dor
Sem querer deixar as doces carícias do nosso querer
Nosso doce lar onde recendia perfume de flor
Onde nosso amor como primavera veio florescer
Hoje sem você o nosso lar coberto de tristeza está
Sofrendo talvez a mesma tristeza que ficou em mim
E o manjericão que era sentinela da nossa paixão
Com o seu silencio não existe mais em nosso jardim.

Até o seu rastro em meu delírio um dia gravei
E pra consolar todas as tardes vou contemplar
E depois cansado me fecho no quarto para chorar,
Não sei até quando essa solidão eu hei de suportar.
Volta, volta logo meu querido bem já não posso mais,
Lhe peço por Deus para que regresse ao nosso rincão.
Se você voltar o manjericão há de florescer
Com o seu amor há renascer o um coração.