Orgulho
Lourenço e Lourival

Sei que me ama, como eu lhe amo
E não quer dizer a verdade
Porque o orgulho, nosso inimigo
Não será nossa felicidade.
Assim sofremos desesperados,
Nessa incerteza que não tem fim
Se desejamos viver juntinhos,
Então por que padecer assim

Vejo segredo nos teus lindos olhos
Me procurando em febril desejo
Seus dentes altos vejo tremendo,
Mordem seus lábios pedindo beijo
Mas quando nota que me aproximo
Vira o rosto fugindo no além
Isso é o orgulho, mas estou certo
E como sofro, sofre também

Já me disseram que você vive
Por mim chorando porque me adora
Assim implora muito segredo
Pra que não saibam que por mim chora
Se a vida é curta não tenha orgulho
Venha sem medo nos braços meus
Pois com os beijos secarei todo,
Todo o pranto dos olhos seus