Sanfona Xonada
Lourenço e Lourival

Sanfona xonada tocada de jeito
Machuca no peito e traz inspiração
Sanfona goiana que tanto ouvi
Me lembro de ti, dói meu coração

Recordo as noites saudosas e quentes
Os beijos ardentes que tive de alguém
Me vejo de volta nas tardes serenas
Com aquela morena que foi o meu bem

Sanfona Xonada não chore assim
Tem pena de mim que sofro demais
E esta saudade que não me abandona
É de uma sanfona chorando em Goiás

Sanfona Xonada não chore assim
Tem pena de mim que sofro demais
E esta saudade que não me abandona
É de uma sanfona chorando em Goiás

Quem deixa sua terra sempre morre um pouco
Meu peito caboclo ainda guarda uma dor
E o triste xonado de uma sanfona
Me lembro uma dona que foi meu amor

Sanfona Xonada não chore assim
Tem pena de mim que sofro demais
E esta saudade que não me abandona
É de uma sanfona chorando em Goiás

Sanfona Xonada não chore assim
Tem pena de mim que sofro demais
E esta saudade que não me abandona
É de uma sanfona chorando em Goiás