Sentimento de Pai
Lourenço e Lourival

Filho, não fique aborrecido
Eu atendo seu pedido, não vou mais embora
Você e fruto de uma semente
Que brotou em solo quente e floriu fora de hora

Filho, foi numa festa junina
Sua mãe era menina tão sapeca quanto eu
Eu era um mocinho sem juízo
O resto não é preciso dizer como aconteceu

Filho, você não e culpado
Desse amor desencontrado do qual você nasceu
A sua mãe falou que não me ama
Eu durmo em outra cama, mas fico ao lado seu
A sua mãe falou que não me ama
Eu durmo em outra cama, mas fico ao lado seu

Filho, foi numa festa junina
Sua mãe era menina tão sapeca quanto eu
Eu era um mocinho sem juízo
O resto não é preciso dizer como aconteceu

Filho, você não e culpado
Desse amor desencontrado do qual você nasceu
A sua mãe falou que não me ama
Eu durmo em outra cama, mas fico ao lado seu
A sua mãe falou que não me ama
Eu durmo em outra cama, mas fico ao lado seu