Sítio do Vovô
Lourenço e Lourival

Eu vou, eu vou, eu vou, eu vou
Passar o fim de semana lá Sítio do vovô

Quando chega a sexta feira preparado já estou
Pra ver minha vovó e também o meu vovô
Na chegada lá no sítio, quando na porteira eu passo
Vovó me espera com beijo e o vovô com um abraço.

O sítio do meu avô realmente é uma beleza
É um lugar abençoado pelas mãos da natureza
Lá no alto da invernada quando vai morrendo o dia
Canta triste a seriema e a codorninha assobia.

Lá no sítio do vovô minha rede é seu colo
Meu chuveiro e água fria é a bica do monjolo
Todas tardes meu vovô com toda a satisfação
Me leva pra passear na garupa do alazão

O vovô e a vovó, falo com toda a franqueza
São meu mundo de alegria e a minha maior riqueza
A vovó me dá carinho e o vovô proteção
O vovô e a vovó moram no meu coração.