Tudo Cai
Lourenço e Lourival

Cai a chuva sobre as matas e is sereno nas campinas
Cai as estrelas no horizonte iluminando as colinas
Cai as águas cristalinas formam nuvens cristalinas
E cai a onça pintada na mira da carabina.

Cai galinha do poleiro quando passa o gavião
Cai a vareta do alto depois que estoura o rojão
Cai e rola na poeira se não for firme o peão
Cai o pobre passarinho na boca do alçapão.

Cai o peixe na emboscada na rede do pescador
E na onda do candidato cai os pobre eleitor
Cai a fruta a apodrece depois que ela madurou
Cai as folhas e o vento varre depois que ela murchou

Cai no laço o pantaneiro quando se acha amuado
Cai no laço do amor um coração magoado
Cai o botão da roseira vai deixando o chão forrado
Cai o milagre de Deus pra perdoar os pecado.

Lampião também caiu sendo um forte cangaceiro
No dia que ele caiu alarmou o Brasil inteiro
Nesse mundo tudo cai é um ditado verdadeiro
Só ainda não vi cair a fama dos violeiros.