Vanerão do casamento
Lourenço e Lourival

Casamento é um buraco, mas é um buraco sem fundo
Todos querem fugir dele , mas nele cai todo mundo
Casamento é que nem peixe fechado no juquiá
Quem tá dentro quer sair, quem tá fora quer entrar
Nem reza de feiticeiro livra a gente desse embaraço
Quanto mais a gente foge, mais depressa cai no laço

E depois do casamento e a tal lua de mel
A vida que era doce fica amarga igual um fel
Dia e noite a esposa vem com ciúme e bobeira
Querendo investir na gente igual vaca pegadeira
De repente chega a sogra, se encrespa e sobe a serra
A coisa fica feia quem batalha de guerra

E nesse exato momento já começa um barulhão
Da boca de mãe e filha só se ouve palavrão
O marido desnorteado roga a nosso pai eterno
Pra que mande o casamento lá por quintos dos infernos
Vida boa é do solteiro que detesta o casamento
Pois quem pensa em se casar é mais burro que jumento

Papagaio na gaiola apesar de porcaria
Fala e come quando quer e goza mais regalia
Eu aprovo a casamento somente por quinze dias
Casar pra eternidade, credo em cruz, Ave Maria!
Ativo foi Jesus Cristo que vagou no mundo ao léu
Abençoou o casamento mas foi solteiro pro céu!