Velhos Amantes
Lourenço e Lourival

Senta-se aqui neste banco vamos curtir nossa fossa
São meus os vossos problemas, minha dor também é vossa
Eu deixei minha esposa, você deixou seu marido
Hoje na dor abraçados choramos arrependidos

Seus filhos por onde andam, onde está minha família
Somos barcos parados na solidão de uma ilha
Assistindo envelhecer as nossas vidas cansadas
Somos dois velhos amantes chegando ao final da estrada

No fundo de nosso abismo que nós dois juntos cavamos
Amor, paz e juventude no passado sepultamos
Juntamos nossas tristezas, nossas vidas em pedaços
Pelos caminhos do tempo ao longo de nossos passos!