Não Temas
Ludmila Ferber

Não temas
Porque não serás envergonhado
Não sofrerás humilhação
Porque os que confiam sua vida a Deus
São como os montes de Sião

Não temas
Ainda que os montes se abalem
E sejam lançados sobre os mares
A minha misericórdia te cobrirá
E a aliança da minha parte não removerei jamais

Onde pisar a planta dos teus pés te dou
Diz o Senhor
Nada e ninguém te resistirá
Assim diz o Senhor
Não temas, não pasmes, nem te espantes
Olha pra mim, confie em mim
Sou o Teu Deus, sou contigo até o fim