O Trem
Ludmila Ferber

Quem quer entrar nesse trem?
Quem quer entrar nesse trem?
Nesse trem vai gente de tudo quanto é jeito
Até gente doente, cheia de defeito
A entrada é de graça, não precisa de bagagem
Só precisa ter um coração assim:
Totalmente livre para ir até o fim
Dessa viagem ir até o fim, dessa viagem ir até o fim
Rico, pobre, branco e negro
Alto, baixo, feio e bonito
Torto, reto, gordo e magro
Novo, velho, de que língua for
Não se pode entrar pela janela não
(e pela chaminé?)
Também não
É só falar com o Maquinista
Desse poderoso trem
Dê a sua mão a Ele
E Ele te fará entrar também

Nesse trem você também pode viajar
Não se tem limite de idade ou condição
Nele a gente vai até onde Deus está
Não há chance de errar
Pois Cristo vai à nossa frente
Para nos guiar, Para nos guiar
Para nos guiar, Para nos guiar