Somente Em Deus
Ludmila Ferber

Somente em Deus, a minha alma
Espera, silenciosa
Porque dEle vem a minha esperança
Só Ele é a minha Rocha e a minha Salvação
E o meu Alto Refúgio
Não serei jamais abalado
Não serei jamais abalado
Não serei jamais abalado
Não serei jamais abalado

Em tudo posso estar atribulado
Porém não angustiado
Perplexo, porém não desanimado
Perseguido, porém, não desamparado
Abatido, porém, não destruído

Eu sei em Quem eu tenho crido
Também sei que Ele é Poderoso
Pra me levar além, me levantar do pó
Me sustentar em fé e me fazer vencer