Embaixadores da Carne de Amanhã e Lembranças do Passado
Maldita

Restos humanos, aparências bizarras
Porte de arma, drogas, asfixiação
Fratura exposta, ematomas no corpo
Dente extraído, infecção

O que você não entende, o que você não entende
É que aqui dentro ainda bate um coração
Sistemas injustos, políticos corruptos
Cigarros e bebidas, alucinações

Saiu daqui de dentro mas eu não entendo
Saiu daqui de dentro mas eu não entendo

Tendências genocidas, pessoas suicidas
Hemorragia, comatose, solidão
Medula rachada, promessas quebradas
Não existe cura, não existe pulsação

Por não ter para aonde correr
Por não ter nada que faça eu me sentir normal
O paraíso é aqui dentro mas eu não entendo

Osso esmagado, crânio fraturado
Impiedade do outro, execução
Pessoas racistas, movimentos extremistas
Reis, psicopatas e ladrões
O que você não entende, o que você não entende
É que aqui dentro ainda bate um coração
Meu paraíso é perdido, meu paraíso é perdido
Não tenho para aonde ir, não tenho salvação

Por não ter o que dizer
Por não ter ninguém com quem eu possa me expressar
O paraíso está tão perto só me falta encontrar
Ele conserta a sua dor
Ele conserta a sua dor, meu paraíso está perdido
Não sei nem mais aonde estou