Justiça do Céu
Marchinhas de Carnaval

Covardemente abateram meu amigo,
Juro por Deus que ele era,
Um rapaz "igual",
Tristeza mora comigo,
Desde o dia do seu funeral.

Adeus para sempre adeus,
Não queiram imaginar,
Os sofrimentos meus,
Apelo para a justiça do céu,
Levar o criminoso à cadeira do réu...