Mundo de Zinco
Marchinhas de Carnaval

Aquele mundo de zinco,

Que é mangueira,

Desperta com o apito do trem,

Uma cabrocha, uma esteira,

Um barracão de madeira,

Qualquer malandro em mangueira tem.

(bis)


Mangueira, fica pertinho do céu,

Mangueira, vai assistir o meu fim,

Mas deixo o nome na historia,

O samba, foi minha gloria,

E sei que muita cabrocha,

Vai chorar por mim..