Não Deixarei de Beber
Marchinhas de Carnaval

Bebo, não deixarei de beber,

Quero quando a morte vier,

Que me encontre no samba,

Bebendo e sambando,

Com muita mulher.


Bebo, não deixarei de beber,

Quero quando a morte vier,

Que me encontre no samba,

Bebendo e sambando,

Com muita mulher.


E se eu gosto do samba,

Porque nele me criei,

Pois bebendo e sambando,

Meu amor arranjei...