Não Tenho Lágrimas
Marchinhas de Carnaval

Quero chorar, não tenho lágrimas
Que me rolem na face
Pra me socorrer

Se eu chorasse talvez desabafasse
O que sinto no peito
E não posso dizer

Só porque não sei chorar
Eu vivo triste a sofrer

Estou certo que o riso não tem nenhum valor
A lágrima sentida é o retrato de uma dor
O destino assim quis
De mim te separar
Eu quero chorar não posso
Vivo a implorar