Rancho do Lalá
Marchinhas de Carnaval

Hoje lembrei lamartine,
Com seu eterno trá-la-lá,
Noites morenas do rio,
Estão no assobio,
Estão no trá-lá-lá-lá-lá-lá-lá-lá,
Hoje lembrei lamartine,
Com seu eterno trá-la-lá.

Primeiro foi a mulata,
Depois a morena,
De olhar sem igual,
A moreninha rainha,
Lalá, do seu carnaval,
Trá-lá-lá-lá de saudade,
De ranchos pisando,
O chão da cidade,
Do rio que cantava no falsete,
Do lalá o seu eterno trá-la-lá...