A Matogrossense
Marco Brasil

Fui conhecer o belo Mato Grosso
Lá encontrei o meu primeiro amor
Sinceramente o que me deixa triste
É viver longe dessa linda flor

Essa morena tem a cor de jambo
É fascinante até no olhar
Quando me lembro da
Matogrossense
Meus olhos ficam querendo chorar

Bate, bate, coração
Vai batendo sem cessar
Maltratando o peito amigo
Já cansado de esperar

Bate, bate, coração
Vai batendo sem cessar
Maltratando o peito amigo
Já cansado de esperar

Não posso esquecer, não posso
Não posso esquecer assim
Foi na sombra de um pé de cedro
Que ela jurou pra mim

Vai e volta cantando saudade
Cancioneira do meu coração
Em Coxim estarei te esperando
Para a festa da eterna união