Cara de Boi
Marco Brasil

Refrão
Eu to cansado da fazenda e de ver cara de boi
Eu vou pra onde a minha mulher foi
Eu to cansado da fazenda e de ver cara de boi
Eu vou pra onde a minha mulher foi

Eu cheguei um pouco tarde a mulher brigou
Ela foi lá pra cidade eu fiquei no interior
Na fazenda sem meu bem a solidão me ataca
Cai a noite o dia vem e só vejo cara de vaca

Refrão

Eu fiquei abandonado aqui na fazenda
Esperando agoniado que ela se arrependa
Eu to numa judieira eu to ficando apavorado
To naquela babadeira de bezerro desmamado

Refrão

Pra acalmar minha jiriza eu to na pescaria
Com a minhoca de molho nem vejo passar o dia
E volto lá pra casa já é tardezinha
Galo me mata de inveja dando um trato na galinha

Refrão

Pra acalmar minha jiriza eu to na pescaria
Com a minhoca de molho nem vejo passar o dia
E volto lá pra casa já é tardezinha
Galo me mata de inveja dando um trato na galinha

Refrão (2x)