Direito de Chorar
Marco Brasil

Saudade por que você me judia tanto.
Por que não acaba comigo, logo de uma vez.
Quando vai o dia, quando vem a noite, é mais um tormento.
Se deito não durmo,
E se durmo sonho com meu sofrimento.

REFRÃO:

SENHOR!
Porque esse homem merece sofrer, tanto por-que será?
SENHOR!
Não suporto mais, tenha piedede.
Me de o direito, ao menos de chorar.