Esquina da Saudade
Marco Brasil

Ela veio de outros braços
Implorando um espaço
Num cantinho do meu peito

Beija-flor tão machucada
Com uma asa quebrada
No seu mal eu dei um jeito

Fui remedio pra paixão
Calmante pro coração
Dei a ela um ombro amigo

Dei carinho e muito amor
Ele até cicatrizou
Olha o que ela fez comigo

Bateu asas e voou
Levando a felicidade
Tive que amargar a dor
Tão sozinho hoje estou
Na esquina da saudade

Quem me procurou foi ela
Quem cuidou dela fui eu

Dei a ela a minha vida
Simplesmente a bandida
Partiu sem dizer adeus

Fui remedio pra paixão
Calmante pro coração
Dei a ela um ombro amigo

Dei carinho e muito amor
Ele até cicatrizou
Olha o que ela fez comigo

Bateu asas e voou
Levando a felicidade
Tive que amargar a dor
Tão sozinho hoje estou
Na esquina da saudade

Quem me procurou foi ela
Quem cuidou dela fui eu

Dei a ela a minha vida
Simplesmente a bandida
Partiu sem dizer adeus