Paixão Violenta
Marco Brasil

Já fiz tudo que podia para esquecer você
Arranjei um outro amor, não consegui esquecer -
Já bebi noites inteiras, já amanheci na rua

E essa dor que me atormenta, paixão violenta continua!
Me dê um tiro no peito e nem assim morre essa paixão
Pode me cortar inteiro fazer em pedaços o meu coração -

Nem bala de trinta e oito pode separar a gente,
Você entrou no meu peito e aqui vai ficar pra sempre!
Já não como e não durmo só pensando em você

Se uma dia você voltar não vai me reconhecer
Pelas ruas vou vivendo louco de saudade sua
E essa dor que me atormenta, paixão violenta continua
Me dê um tiro no peito e...