Para Sempre
Marco Brasil

Me lembro aquela noite
Em sua casa
Aquela vez
Aquele fim de semana
Com a luz apagada
Para ver as estrelas
Mais ao sul

Coisas que a gente fez pela metade
De tanto medo
De tanta vontade
Rolando pela varanda
E minhas mãos sem coragem
Mais ao sul, ao sul

E quando sinto a noite tão vazia
Me lembro bem, tão bem daquele dia
Aquele amor era pra sempre
Aquele amor era pra sempre
A gente nem sabia o que vivia
Fazia as coisas só por rebeldia
Aquele amor era pra sempre
Aquele amor era pra sempre
Para sempre, para sempre

Não sei porque a gente nunca sabe
Deixamo de nos por uma tarde
Nos tornamos estranhos
Só nos vemos por sonhos
Mais ao sul, ao sul

E quando sinto a noite tão vazia
Me lembro bem, tão bem daquele dia
Aquele amor era pra sempre
Aquele amor era pra sempre
A gente nem sabia o que vivia
Fazia as coisas só por rebeldia
Aquele amor era pra sempre
Aquele amor era pra sempre
Para sempre, para sempre