Saudade da minha terra
Marco Brasil

Saudade bate no peito
Ela vem pra machucar
Saudade lá do sertão
Que a tempos deixei por lá
Para conseguir sucesso
Na cidade eu fui morar
Oi, saudade
Saudade eu tenho de lá

No ponteio da viola
Que eu consegui chegar
Tenho fama e dinheiro
Tudo que eu vim buscar
Só não tenho alegria
Que o meu sertão me dá
Oi, saudade
Saudade eu tenho de lá

Me recordo da manhãs
Mamãe cedinho de pé
Naquele fogão de lenha
Pra nós fazendo café
Mas agora tão velhinha
Não consegue nem andar
Oi, saudade
Saudade eu tenho de lá

Quando olho no espelho
Vejo que o tempo passou
Aquele carro de boi
Só na história ficou
Só me resta a saudade
Que tanto me faz chorar
Oi, saudade
Saudade eu tenho de lá