Tem Jeito Não
Marco Brasil

Sou peão de cavalo, sou peão de boi
Me sinto realizado com espora no pé
Fico magoado se o meu bem se foi
O meu bem se foi e voltar não quer

Enquanto ela não volta eu fico por ai
De rodeio em rodeio curtindo a paixão
No baile do cow-boy e no peito da mulherada
Se eu sair de madrugada
Na asa de um avião

Ela quer que eu deixe de ser peão
Tem jeito não
Tem jeito não

O baile ta gostoso do jeitinho que a gente quer
Ta na ponta do pé
E na palma da mão
Pra não quebra o clima moda sertaneja
Porre de cerveja
Tira a solidão

Um carro importado o rodeio me deu no rodeio nasceu
A nossa paixão
O rodeio me dá tudo que eu quiser
Como é que ela quer
Que eu deixe ser peão

Ela quer que eu deixe de ser peão
Tem jeito não
Tem jeito não