Vida de Cachorro
Marco Brasil

Esta vida é uma vida de cachorro
Desde quando eu perdi a minha amada
Pois um homem quando tem amor tem tudo
Mas um homem sem amor não vale nada

Quem eu amo há muito tempo foi embora
Foi aí que o meu mundo se desfez
Penso nela anoiteço embriagado
Amanhece e eu bebo outra vez

É vida de cachorro
É vida de um homem sozinho
Pelas ruas pelos bares
Sem amor e sem carinho

Ninguém ouve minha voz
O meu grito de socorro
Sem destino caminhando
Eu só sei que vou levando
Uma vida de cachorro

Esta vida de cachorro que eu levo
Não desejo nem pro pior inimigo
Pelos bares vou contando a minha história
Todos sabem o que ela fez comigo

A bebida é o meu remédio, meu veneno
Desse jeito qualquer dia eu sei que morro
Como estou, se alguém pergunta eu respondo
Vou levando minha vida de cachorro

É vida de cachorro
.... .... ....

Ninguém ouve minha voz
O meu grito de socorro
Sem destino caminhando
Eu só sei que vou levando
Uma vida de cachorro