O Doce Mistério de Maria
Maria Bethânia

E a rainha olha por todos,
E seu manto azul é escudo da terra,
Protege e perdoa mesmo quem erra,
Mãe, mater, matéria divina, que vibra
E esmaga serpentes e dragões, e resgata o peregrino
De um deserto de aflições
E há de saber um dia, livrar-nos de toda miséria.

Salve, maria!
Salve, rainha!