Vinho
Maria Bethânia

Por falar em prazer
Ah, quanto tempo eu não vejo você
Desejo é sentir o que eu sinto
Seu corpo é um labirinto
Que me deixa zonza
Você é que me sobe à cabeça
Como um vinho

Ah, o teu beijo tem gosto de "quero mais"
Te amar é como mergulhar num mar divino

Se bebo pouco, me acalmo
Um pouco mais, me excito
E se abusar, levito
E transformo o mito
Em finito... prazer

Por falar em prazer
Ah, quanto tempo eu não vejo você
Desejo é sentir o que eu sinto
Seu corpo é um labirinto
Que me deixa zonza
Você é que me sobe à cabeça
Como um vinho

Ah, o teu beijo tem gosto de "quero mais"
Te amar é como mergulhar num mar divino

Se bebo pouco, me acalmo
Um pouco mais, me excito
E se abusar, levito
E transformo o mito
Em finito... prazer