Cavalo de Aço
Milionário e José Rico

Vou prestar cantando
A minha homenagem
Para os personagens
Da grande novela
Que nos despertou
Interesse profundo
Em cada mistério que existe nela

A televisão
Está de parabéns
Com a transmissão
Que cruza o espaço
Enviou pra nós
A imagem perfeita
Do grande sucesso
Cavalo da Aço

Rodrigues Soares
Com calma e coragem
Enfrentando a morte
Para descobrir
Qual foi o assassino
Do seu velho pai
Ernesto Soares que morava ali
Também suas terras
Que foram tomadas
Na fila da prata
Após tantos anos
Onde o velho Max
Cruel fazendeiro
Naquela região era o soberano

Na luta incansável
Que levou Miranda
Contra o velho Max
Pelos pinheirais
Também muitos outros
Que não resistiram
Morreram envolvidos
Alzira e Morais

No alojamento
Da grande fazenda
Tinha uma quadrilha
De homens valentes
Pra invadir as terras
E matar os coitados
Sempre foi o Lucas
O homem da frente

Lenita com calma
Descobre o segredo
Que há tempo existiu
Naquele museu
Quando seu Inácio
Andava escondido
Com um tiro certeiro
Seu Max morreu

Miranda e Adílio
Santo e seu Inácio
Foram os suspeitos
Do que aconteceu
Para os personagens da grande novela
Através do disco
Um abraço meu