Do Mundo Nada Se Leva
Milionário e José Rico

Quando estou viajando, cruzando campos e serras
Meu coração se alegra, se passo por minha terra
O rincão é mais florido, a natureza é mais bela
Gosto de minha querência, por ser risonha e florida
Onde vivi em criança, a minha infância querida
Não sai de minha lembrança, aquela gente amiga

Vamos sorrir e cantar
Quem está triste se alegrar
A nossa vida é curta
Do mundo nada se leva
A nossa vida é curta
Do mundo nada se leva

Vida triste e alegre, a vida do cancioneiro
Sorrindo às vezes com mágoa
Cantando com desespero, bebendo de todas águas
Do nosso chão brasileiro
Sendo triste ou sendo alegre, eu adoro minha linda
Cantando que conheci a minha prenda querida
Viverás sempre comigo, o resto de minha vida

Vamos sorrir e cantar
Quem está triste se alegrar
A nossa vida é curta
Do mundo nada se leva
A nossa vida é curta
Do mundo nada se leva