Dor da Paixão
Milionário e José Rico

O tempo vai passando
E eu sempre reclamando
A distância de alguém
Por mais forte que eu seja
O sofrimento me deseja
Pois sem ti não sou ninguém

Quisera estar contente
Revivendo os bons momentos
Que contigo eu passei
Nossos sonhos foram perdidos
As ilusões foram destruídas
Encurtando os dias meus

Neste momento
O que será que está fazendo?
Só sei que aqui estou morrendo
Com a dor da paixão
O tempo passa
Estou chegando ao fim da estrada
Para mim não resta nada
A não ser a solidão
Solidão, solidão