Entrevista
Milionário e José Rico

Já me perguntarem em várias entrevistas
Se aqui tenho tudo e sou tão triste assim
As vezes não respondo faço papel de mudo
De que vale ter tudo e não ser feliz

Sou um pobre ser com a alma ferida
Se dei valor a vida por que tive um bem
Foi minha loucura esta criatura
E sem querer a perdi para um outro alguém

Por esta razão me afastei de tudo
Longe das maldades que esta gente faz
Não façam perguntas por favor eu peço
Me concedam o direito de viver em paz