Meu Pobre Coração
Milionário e José Rico

Eu não sei porque o amor me faz sofrer tanto assim
Meu pobre coração, reclama a solidão
O tempo vai passando, o que hei de fazer?
Se não me queres mais, o que faço agora?
É chegada a hora, preciso ir embora, adeus.

Adeus é a última palavra
Que a gente diz quando vai embora
Vem logo uma dor no peito
Não tendo outro jeito a gente chora
Talvez com o passar do tempo
Pelas esquinas da vida vamos nos encontrar
E a volta do amor é mais forte
Vamos viver juntos e nem mesmo a morte
Vai ter o direito de nos separar.

REFRÃO
Amor, não me mande embora
Quando chegar a hora não vou poder partir
Porque, não vivo sem ela
Se tem que ser assim, respondo por mim
Eu prefiro a morte.