Tô De Olho
Milionário e José Rico

Você não é pro meu bico
Isso eu já sei decor
Mas sou gavião arisco
Estou sempre ao redor
Batendo asas mansinho
Pra não te assustar
Com garras bem afiadas
Pra te apanhar
Vai ser um bote perfeito
Não vai resistir
Vou te grudar num abraço
E vou te seduzir
Não vou dar tempo
Pra dizer que não
Vou te prender
Na gaiola do meu coração
Você vai se amarrar
Nas cordas da paixão

Tô de olho
Tô de butuca
No seu beijo
Tem açúcar
Você não dá mole
Mas de gole em gole
Eu vou secando a cumbuca

Tô de olho
Tô de butuca
No seu beijo
Tem açúcar
O apressado não chega
Um dia eu faço essa nega
Cair na minha arapuca