Deus Todo Poderoso
Nani Azevedo

Não me vendo pelo ouro
Não te troco por prazer
Amo a sinceridade
E adoro o teu querer

Não me entrego à própria sorte
Feito um sonho de verão
Pois na vida e na morte
Eu seguro em tua mão

Tu és minha fortaleza
A vingança do indefeso
Que exalta o humilde
E restaura o quebrantado

És a pedra incendiada,
Que destróis os muros altos
Que espanta o inimigo
E água viva faz correr

És o Deus Todo-Poderoso (4x)

Ele é o fogo consumidor
Despidos estamos diante dEle
Dobrem-se todos os orgulhosos
E os reis exaltem ao Senhor

Nosso Deus Todo-Poderoso