Canção Antiga
Olivar Barreto


Como essa noite quer falar
Um verso antigo despertar
E o violão desfalecer
Por te saber sofrer de plena solidão

E cada estrela brilhou
Por teu sorriso perguntou
Se sofres por amor
Se choras por alguém
Se vais morrer de dor

Vê, como a brisa vem
Tentando te encontrar
Vê como a flor em flor se faz
O céu azul cantando a paz
A doce paz que de repente
Põe a lua mansamente
No teu triste olhar