A Lhe Esperar
Os Paralamas do Sucesso

Lá onde o vento vai dar
Onde a nuvem beija o mar
Onde fica o fim do mundo
Onde o escuro é mais profundo
Eu estou a lhe esperar

Onde a pálpebra aconchega
Onde já fechou o bar
Na esquina da alameda
Na virada da vereda
Eu estou a lhe esperar

Água venha, água vá
Arda lenha, cave pá
Chova chuva, vire curva
Gire roda, quebre mar
Mude moda, sangre ríngue

Pia pingue, ferva chá
Rua muro, role pedra
Mude lua de luar
Vou estar numa parada dessa estrada a lhe esperar
Eu estou a lhe esperar

Todo dia, toda hora, em qualquer lugar
Eu estou a lhe esperar
Todo dia, toda hora, em qualquer lugar
Eu estou a lhe esperar
Quando é que você vai chegar?