De Um Jeito Que É Novo
Padre Zezinho

louvar e cantar ao Senhor
De um jeito que é novo
Que nem lá nos salmos
Ao som de tambores e de atabaques

Louvar e cantar ao Senhor
De corpo e de alma, felizes da vida
Ao som de guitarra e cuíca e pandeiro

É assim que na periferia
De noite ou de dia
O povo de Deus glorifica o Senhor

Tristeza não muda ninguém
Pegaram meu povo
Cobraram bem caro
Mas não aumentaram
O emprego e o salário

Cantai que de novo é Natal
E o grito do povo
Ressoa de novo
Partindo o seu pão
E a pensar no sacrário

E o povo na rua a gritar
Que aposta no eterno, sincero e fraterno
Que o dia o país há de ser solidário