Elegia Pela Amazônia
Padre Zezinho

Águas que o Senhor criou
E pôs aqui no meu planeta
Chuva e neblina, mares e rios
Águas imensas louvai o Senhor

Verde que o Senhor criou
Depois de ter criado as águas
Grandes florestas, vida aos borbotões
Do vosso jeito louvai o Senhor

Salve a floresta, salve-se o futuro
Salve qualquer água
Salve a vida e quem dela depende
Ou dependerá

Amazônia, Amazônia
É proibido queimar
Amazônia, amazônia
É proibido matar