Estavas Certa, Maria
Padre Zezinho

Eu te vejo nas ruas e praças
Vitrôs e vidraças, janelas e portas
Vejo o povo a exaltar o teu nome
No rádio e na rua e na televisão
Em milhões de lugares e lares
Paredes, imagens, revistas e livros
Vejo o povo exaltando teu nome
Por seres a mãe de Jesus nosso irmão

Estavas certa, Maria
Quando disseste que um dia
O mundo te louvaria
Mais do que certa, Senhora
Quando ao chegar tua hora
Profetizaste com sabedoria

Minha alma dá glórias
Ao Deus das vitórias
Por mais essa história
Que vai escrever
Ao Deus das vitórias
De tantas memórias
Por mais essa história
Minha alma dá glórias
Dedico o meu hino
Por este menino
Que ele me dá

Ao Deus que é tão santo
Dedico o meu canto
Pensando naqueles
Que Deus chamará

Pequena sou eu, mas o céu me escolheu
Estavas certa, ó Maria, estavas certa, ó Maria
Estavas certa, ó Maria, teu coração já sabia